sexta-feira, maio 16, 2008

Bipolar


Hoje


me faço amor

versos ousados

ondas de calor

mundos rosados


Amanhã


Minha alma nua

estranha o amor

me faço crua

aplaco o calor.


Depois


Visto-me de poesia...

reviso a vida

vagueio na avenida

vida vazia!



Costuro o tempo

ponto de saudade

bordando lealdade

sufocando contratempo


Sandra Almeida

Nenhum comentário: