sábado, setembro 01, 2007

BuScAmor


BuScAmor


Indecifrável,desafias a vida,
enlouquecida com sua ferida.
Feridas do tempo e lamenta,
contínuas falsetas que atormenta.

Sempre só, em loucos pensamentos,
amarga o desespero da solidão.
Amplia a tela da vida, revendo momentos,
espreita egos e avança nessa vastidão.

Se sonhar realizasse incerteza,
reflexão...seria grande proeza.
Venceria as distâncias ingratas,
realizando emoções fartas.

Dançaria um tango em Buenos Aires,
sorveria agradáveis nostalgias...noutros ares.
Retornaria suave...Quem sabe?
Com visões coloridas...Quem sabe?

Sandrah

Um comentário:

tonho disse...

MARAVILHOSOOOOO

DANÇARIA UM TANGO EM BUENOS AIRES???
essa é a alma da poesia, atemporal, alada...um encanto!
e eu, encantado.

beijos POETA
tonho frança